Bate-volta: Aranjuez

image3
Terraza em frente ao Palacio Real de Aranjuez (Joana Tiso / Entre tapas y cañas)

Em Aranjuez fica a versão espanhola de Versalhes: um imponente palácio, com jardins fabulosos, bem pertinho da capital. O centro histórico da cidade, declarada paisagem cultural patrimônio da humanidade pela UNESCO em 2001, é pequeno e dá para percorrer sem pressa. Passar uma tarde em Aranjuez é mais do que suficiente – e vale cada minuto.

Palacio Real de Aranjuez

palacio_aranjuez2
Detalhe do Palacio Real de Aranjuez (Joana Tiso / Entre tapas y cañas)

Já fui a Aranjuez para almoçar, bater perna e relaxar nos jardins reais, mas nunca entrei no palácio, não sei bem por quê. É um ponto turístico importante da Comunidad de Madrid (local de férias da família real por séculos) e está aberto para visitas de terça a domingo a partir das 10h – até as 19h entre outubro e março e até as 20h de abril a setembro.

turismoenaranjuez
Jardins de Aranjuez no outono (crédito: site Turismo en Aranjuez)

Calcule aproximadamente uma hora para completar o passeio dentro do palácio. A tarifa básica para adultos sai por 9 euros (saiba mais). Já os jardins têm entrada livre e são lindos. O mais famoso, Jardín del Príncipe, possui perímetro de 7 km e ocupa uma área maior do que o Retiro, popular (e enorme) parque de Madrid. Veja mais informações!

Vá de trem

aranjuezchegada
Caminho entre estação e centro histórico de Aranjuez (Joana Tiso / Entre tapas y cañas)

A melhor opção para quem vai de Madrid a Aranjuez é o trem (linha C-3 cercanías) que sai da estação de Atocha, entre outros pontos da capital. A viagem é agradável e dura cerca de 40 minutos (pode chegar a uma hora, dependendo do número de paradas). A estação de Aranjuez fica a dez minutos a pé do Palacio Real.

Comprei o bilhete na hora em Atocha e não tive problemas. Também preferi comprar a volta em Aranjuez minutos antes da viagem. Aliás, escolha retornar durante o pôr do sol. O visual é impressionante.

Porém, cuidado: deixar para resolver tudo em cima – como euzinha – nem sempre funciona nos bate-voltas desde Madrid. Para Toledo, por exemplo, o ideal é garantir logo a volta ao comprar a ida, assim você não corre risco de ficar sem lugar nos trens do fim do dia.

estacaoaranjuez
Estação de trem em Aranjuez (Joana Tiso / Entre tapas y cañas)

Se preferir, é possível comprar com antecedência a ida e a volta Madrid x Aranjuez no site da Renfe. Fiz uma pesquisa para amanhã, 4 de setembro, e o preço total dos bilhetes seria 9,70 euros. Ou seja, é barato, é rápido e a cidade é uma graça; vale mesmo a visita.

Tren de la Fresa

Na verdade, o modo mais original e gracioso de conhecer Aranjuez é pelo Tren de la Fresa (trem do morango), uma maria-fumaça que faz Madrid x Aranjuez nos fins de semana de abril, maio, junho, setembro e outubro. O histórico trem pertence ao Museo del Ferrocarril de Madrid. É, na prática, uma excursão, com saída pela manhã da capital e volta só no fim de tarde. Eu fiz este passeio com a minha vó, quando tinha oito anos, e lembro até hoje (<3). Compre aqui!

Carnes no Don Carlos

doncarlos
Entrada do Don Carlos (crédito: página do restaurante no Facebook)

Para quem come carne, minha dica em Aranjuez é a Parrilla Pizzería Don Carlos. Os donos, um casal argentino, são atenciosos e adoram o Brasil. Carlos, inclusive, morou no nosso país. Tem aquele aspecto de restaurante do interior com comidinha caseira – e mesas ao ar livre para quem preferir.

A provoleta de entrada estava deliciosa – as empanadillas também têm ótima fama – e as carnes, especialidade da casa, são de comer chorando. Há também pizzas, massas e saladas no cardápio. As porções são generosas e, mesmo assim, é difícil resistir à sobremesa. Fica na Calle Gorbenación, 12, pertinho do palácio.

aranjuez.jpg
Fim de tarde em Aranjuez (Joana Tiso / Entre tapas y cañas)

Outros destinos

aranjuezmuro
Caminho para o centro histórico de Aranjuez (Joana Tiso / Entre tapas y cañas)

Para quem vem com tempo a Madrid, vale muito a pena investir em bate-volta, que ficou ainda mais irresistível com o trem de alta velocidade. Poucos lugares oferecem tantas e tão boas opções de passeios em seu entorno como Madrid. As pequenas cidades em volta da capital são históricas, lindas e fáceis de percorrer em apenas um dia (ou meio dia).

Aos poucos, vou contando sobre outros destinos imperdíveis por aqui, como Toledo, Segovia, Ávila e El Escorial. Cordoba, que fica na Andaluzia, ao sul de Madrid, também virou uma bela opção de bate-volta com o AVE, que percorre os quase 400 km de distância em apenas 1h45.

img_6547
Aranjuez no outono (Joana Tiso / Entre tapas y cañas)

7 comentários Adicione o seu

  1. Sonia Soares disse:

    JOANA ,
    que linda Aranjuez !!!
    Dica ótima , suas explicações são ótimas , inclusive a parte pratica de comprar passagens , preços , horários .
    Bj
    Muito Obrigada ,
    Sonia

    Curtido por 1 pessoa

    1. Joana Tiso disse:

      Ah, que bom! Adorei o recado! Aranjuez é mesmo um ótimo passeio. Beijo grande e obrigada =)

      Curtir

  2. Já comprei vários bilhetes pelo site da Renfe, porém não estou conseguindo comprar pelo mesmo site o Tren de La Fresa, alguém poderia me dar um help!!! Como seria o passo a passo?

    Curtir

    1. Joana Tiso disse:

      Olá! O Tren de la fresa costuma ficar na categoria “trenes temáticos” no site Renfe. Se não conseguir por lá, você pode comprar pelo telefone 912 320 320. Beijos e divirta-se! 🙂

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.