Onde ficar em Madrid: dicas de hotéis

salondelareina
Vincci The Mint (site oficial)

Muita gente me pede referência de hotel em Madrid. Como eu moro aqui, basicamente conheço os hotéis só por nome. Da lista abaixo, me hospedei apenas em um: Hotel Regina, o preferido de mamãe (e de muitos brasileiros). Para tentar facilitar a vida de quem vem a Madrid pela primeira vez e não faz ideia de onde ficar, separei sete hotéis, de duas a quatro estrelas e para todos os gostos e bolsos.

Todos têm WiFi e metrô por perto. E, claro, estão a minutos de atrações turísticas da capital. A ordem vai de acordo com as notas dos hotéis no Booking.com (da maior até a menor). Aos poucos vou acrescentando novas opções.

Only You Atocha

onlyyou
Quarto na cobertura do hotel Only You Atocha (site oficial)

Tem quatro estrelas e um estilo classicão. É uma ótima opção para quem vai fazer um ou outro bate-volta para cidades próximas (veja minhas dicas de Aranjuez), já que fica a 150 metros da estação de trem mais popular de Madrid. Há duas estações de metrô ao lado também: Atocha e Atocha Renfe.

Fica a menos de 15 minutos a pé dos principais museus da cidade: Prado, Thyssen-Bornemisza e Reina Sofía. Aliás, saiba mais sobre o Paseo del Arte neste post. O Parque del Retiro também está bem pertinho (e é imperdível).

Há uma terraza na cobertura e academia 24 horas. O hotel, num edifício do século XIX, tem decoração moderna e bonita, segundo os internautas. A equipe da recepção e o café da manhã recebem elogios nos comentários do Booking e do TripAdvisor.

Nota no Booking: 9,3
Classificação no TripAdvisor: 12 de 441
Estrelas: 4
Onde: Paseo de la Infanta Isabel 13
Metrô: Atocha ou Atocha Renfe
Email: http://www.onlyyouhotels.com/hoteles/only-you-hotel-atocha/

Artrip Hotel

06_entrada
Entrada do Artrip Hotel (site oficial)

Este simpático hotel de duas estrelas fica em Lavapiés, bairro mais multicultural do centro de Madrid. A zona é animada, colorida, cheia de arte urbana e com intensa oferta artística. Por ali você encontra dois centros culturais bacanas: La Tabacalera, num estilo raiz, e La Casa Encendida, num esquema mais nutella.

O hotel está colado no metrô de Lavapiés e fica perto de uma penca de bares e restaurantes, muito étnicos e com preços honestos. Em menos de cinco minutos a pé você acha um Carrefour 24 horas. Dica: até as 23h, mais ou menos, é possível comprar comida japonesa no mercado para comer no hotel. É uma delícia.

Numa breve caminhada, de menos de dez minutos, você chega ao Reina Sofía, principal museu de arte contemporânea de Madrid. E, em aproximadamente 20 minutos, você encontra o Museo del Prado. Além disso, Lavapiés tem vizinhos interessantes, Barrio de las Letras e La Latina, ambos boêmios e ótimos para explorar a pé. Só tem um problema: para chegar até lá é preciso encarar algumas ladeiras.

Segundo os internautas, o hotel é simples, mas bonito – e decorado com obras de arte pelas paredes. Como a região é agitada, vale destacar que os quartos têm isolamento acústico. E mais: a simpatia e a atenção dos funcionários renderam altos elogios no Booking e no TripAdvisor.

Nota no Booking: 9,2
Classificação no TripAdvisor: 6 de 441
Estrelas: 2
Onde: Calle de Valencia 11
Metrô: Lavapiés ou Embajadores
Email: http://www.artriphotel.com/en

Vincci The Mint

vinccithemint
Terraza do Vincci The Mint (site oficial)

Tem uma das terrazas mais conhecidas da Gran Vía, com bar e vista para edifícios emblemáticos e centenários da avenida mais famosa de Madrid. É o lugar ideal para quem busca um hotel animado e surpreendente – com cheirinho de hortelã. A decoração deste quatro estrelas é divertida e os quartos são modernos, com paredes verdes e brancas (veja mais fotos aqui).

Outro trunfo é a localização: fica a menos de 10 minutos a pé da Puerta del Sol, da Plaza de Callao e da Plaza de Cibeles. Seguindo reto pela Gran Vía, você chega à Plaza de España em cerca de 20 minutos. E, com mais cinco minutos de caminhada, você alcança o Templo de Debod, famoso por abrigar o pôr do sol mais fotogênico de Madrid.

Além disso, o hotel está colado em Chueca, bairro gay, plural e boêmio da capital. Ou seja, dá para seguir caminhando até boa parte das atrações turísticas de Madrid. Se você preferir metrô, não faltam estações por ali.

Dica extra: o café da manhã do hotel é bastante elogiado pelos internautas no Booking e no TripAdvisor.

Nota no Booking: 9,2
Classificação no TripAdvisor: 18 de 441
Estrelas: 4
Onde: Gran Vía 10
Metrô: Sevilla, Gran Vía ou Chueca
Email: http://www.vinccithemint.com/

B&B Fuencarral

BB-Fuencarral-52-8
B&B Fuencarral (site oficial)

Fica no bairro de Malasaña, um dos protagonistas da Movida madrileña. A Calle de Fuencarral, bem pertinho da Gran Vía, é cheia de opções para comer e beber. Aliás, meu mercado favorito de Madrid, San Ildefonso, fica do lado do hotel. Não deixe de ir. Também há muitas lojas por ali, como Quiksilver, Diesel, Lindt e Kiko, com maquiagem barata.

O hotel, de três estrelas, está a menos de dez minutos a pé da Gran Vía e da Puerta del Sol. Além da localização estratégica, dispõe de quartos confortáveis, reformados e protegidos do barulho. E mais: tem um café aberto 24 horas dentro do hotel e uma pequena terraza na cobertura com vista para o centro da cidade.

É uma alternativa ao Ibis – um pouco mais cara e com uma estrela a mais. Os comentários no Booking e no TripAdvisor destacam a atenção do pessoal e o cuidado com os detalhes. Por exemplo: pela manhã, você vai receber um café da manhã na porta do quarto, sem pagar nada a mais (provavelmente com água, fruta e croissant), segundo os internautas. Um aviso: este é o único café da manhã disponível no hotel.

Nota no Booking: 9,2
Classificação no TripAdvisor: 20 de 441
Estrelas: 3
Onde: Calle de Fuencarral 52
Metrô: Tribunal ou Chueca
Email: http://www.hotel-bb.es/hotel/madrid-fuencarral-52/

NH Collection Colón

nhcolon
Quarto Superior XL no NH Collection Colón (site oficial)

Fica na Plaza de Colón, no Barrio de Salamanca, a região nobre de Madrid. É uma boa pedida para quem curte o turismo de compras. Por lá estão as lojas de luxo da capital. E, bem pertinho do hotel, fica o Platea Madrid, um mercado moderno, que mistura gastronomia e DJ. Vale a visita. Além disso, tem um espaço cultural (Fernán Gómez Centro Cultural de la Villa) e um cassino a poucos metros.

Quem assinou a obra do edifício foi Luis Gutiérrez Soto, nome importante da arquitetura espanhola no século passado. Os quartos são grandes e confortáveis. Tem um belo café da manhã, uma academia e, durante a alta temporada, uma piscina com bar (de junho a setembro, mas sugiro confirmar). Parece um típico hotel quatro estrelas.

Você pode seguir caminhando pelo agradável Paseo de Recoletos até a Plaza de Cibeles (10 minutos), a Gran Vía (20 minutos) e o Museo del Prado (20 minutos), por exemplo. Está com preguiça? Tem metrô e ônibus basicamente na porta.

Nota no Booking: 9
Classificação no TripAdvisor: 28 de 441
Estrelas: 4
Onde: Marqués de Zurgena 4
Metrô: Colón ou Serrano
Email: http://www.nh-hoteles.es/hotel/nh-collection-madrid-colon

Hotel Regina

2-6
Recepção do Hotel Regina (site oficial)

É o único hotel da lista onde já me hospedei – nos tempos em que eu ainda vinha a Madrid de visita. A turística Puerta del Sol está a menos de 100 metros. O hotel fica em frente ao metrô Sevilla, mas numa curtíssima caminhada, de menos de cinco minutos, você chega às estações Sol e Gran Vía. Ou seja, a localização é sensacional para quem gosta de ficar no centrão. De lá você pode seguir para as principais atrações turísticas de Madrid a pé.

Outra vantagem: os quartos foram reformados há pouco tempo. Destaque para os novos banheiros, que ficaram espaçosos e bonitos. Os quartos individuais podem ser pequenos, mas os duplos são grandes e confortáveis. É um três estrelas bem caprichado.

Os funcionários são prestativos e recebem elogios dos internautas no Booking e no TripAdvisor. Além disso, o hotel tem um restaurante / bar novo, com foco na culinária local.

Nota no Booking: 8,7
Classificação no TripAdvisor: 122 de 441
Estrelas: 3
Onde: Calle de Alcalá 19
Metrô: Sevilla, Sol ou Gran Vía
Email: http://www.hotelreginamadrid.com/es/

Ibis Madrid Centro

David de Luis
Café da manhã no Ibis Madrid Centro

Ibis é (quase) sempre uma opção boa, bonita e barata – o famoso BBB. Escolhi um Ibis bem localizado e com boas referências no Booking e no TripAdvisor. Fica em Malasanã, a 250 metros da boêmia Plaza Dos de Mayo. A zona é central e cheia de bares e restaurantes. Ao lado está Chueca, bairro gay e dos mais animados de Madrid.

O hotel fica a dois minutos do metrô Bilbao e, em duas paradas, você chega à Gran Vía, no coração de Madrid. É mais simples do que a maioria dos hotéis deste post, mas é também mais barato e pode ser um bom custo-benefício (tem duas estrelas). Destaque para o café da manhã, que não é tão variado, mas recebeu elogios dos internautas pelo preço e a qualidade.

Nota no Booking: 8,7
Classificação no TripAdvisor: 86 de 441
Estrelas: 2
Onde: Calle Manuela Malasaña 6
Metrô: Bilbao, San Bernardo ou Tribunal
Email: http://www.ibis.com/es/hotel-3318-ibis-madrid-centro/index.shtml

onlyyou
Only You Atocha (site oficial)

1 comentário Adicione o seu

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.