Dicas úteis para uma primeira viagem a Madrid

img_0143
Joana Tiso / Entre tapas y cañas

O blog está cheio de roteiros e sugestões do que visitar em Madrid. Neste post, foco em informações e características da capital que podem te ajudar numa primeira visita. Aqui, por exemplo, não vale a pena acordar muito cedo para turistar, já que boa parte do comércio só abre às 10h da manhã e o centro fica cheio de gente até tarde da noite. Tente entrar no ritmo de Madrid para curtir melhor a sua viagem.

Além disso, é uma boa cidade para explorar a pé ou de transporte público, que te leva a qualquer lugar (mesmo).

Roteiro de dois dias no centro de Madrid

Transporte público

Os madrilenhos usam muito o metrô, o maior da União Europeia atualmente (perdia apenas para Londres), e o ônibus. O metrô é mais rápido, mas o ônibus é mais agradável e dá para ir conhecendo Madrid no caminho. Os bilhetinhos já não existem mais. Agora você tem que comprar um cartão chamado Tarjeta MULTI, como o Oyster de Londres, em qualquer máquina de metrô e por 2,50 euros.

Meu conselho é carregar de uma vez 10 viagens (12,20 euros) de metrobús, isto é, metrô e ônibus, principalmente se você ficar três dias ou mais em Madrid. É possível carregar 20 viagens e tem também a opção de uma viagem apenas.

Uma ou mais pessoas podem usar o mesmo cartão, desde que estejam juntas durante o trajeto, já que às vezes rola inspeção para confirmar o pagamento. Neste caso, vocês terão que mostrar o cartão.

atocha2
Estação de metrô Atocha, agora chamada de Estación del Arte (Joana Tiso / Entre tapas y cañas)

Outra opção é adquirir o abono turístico de transporte, que pode ser carregado na máquina do metrô e através da Tarjeta MULTI – só que, neste caso, não é preciso pagar os 2,50 euros pelo cartão. Você escolhe quantos dias deseja usar o abono, paga um valor fixo e faz quantas viagens quiser (valendo para metrô, metro ligero, trem cercanías e ônibus).

Por exemplo, um dia na zona A (Madrid capital) custa 8,40 euros, dois dias saem por 14,20 euros e por aí vai. É o ideal para quem pretende usar muito o transporte público durante a estada em Madrid. Confira todos os valores aqui.

Se terminar o período do abono e você quiser comprar um bilhete sencillo (simples) ou de dez viagens vai ter que pagar 2,50 euros pelo cartão (Tarjeta MULTI). Reforçando que ele só é grátis no caso do abano turístico.

Quer fazer apenas uma viagem de ônibus? Compre o bilhete diretamente com o motorista por 1,50 euros. Atenção: não aceitam mais do que 5 euros por pessoa no pagamento.

Conexão em Madrid: o que visitar nas horas livres

Siesta

siesta3
Camiseta na vitrine da loja Typographia (Joana Tiso / Entre tapas y cañas)

A Espanha tem algumas peculiaridades, como a siesta. Esta antiga tradição acaba deslocando os horários do país. Em Madrid, boa parte do comércio fecha, geralmente entre 14h e 17h, para um descanso (algumas pessoas dormem, outras não – diferente do interior, onde dormir é bem comum).

Se você estiver nas zonas mais turísticas, como Puerta del Sol e Gran Vía, nada vai fechar. Não se preocupe, pois a siesta não atinge lojas grandes e shoppings, museus e atrações turísticas em geral.

Agora, se você estiver fora do centro (mesmo que perto), vai notar que lojas de rua, padarias, farmácias, papelarias e estabelecimentos menores fazem um intervalo depois do almoço. A vantagem é que os locais funcionam até mais tarde no fim do dia – alguns mantêm as portas abertas até as 22h, por exemplo.

Em Madrid, além da siesta, há o hábito de curtir a noite até tarde, principalmente no verão, quando o sol se põe umas 21h45. Portanto, não espere que a cidade acorde cedo. Muitos comércios e atrações turísticas abrem apenas às 9h ou às 10h. Meu conselho é dormir um pouco mais e não começar a turistar antes disso.

Restaurantes

Muitos restaurantes fazem um intervalo à tarde também, ou seja, funcionam no almoço até as 16h e reabrem por volta das 20h. Como tudo aqui acontece mais tarde, pode ser que você precise fazer um segundo café da manhã para segurar a fome. Há restaurantes oferecendo almoço por volta das 12h, mas a maioria só começa a servir comida às 13h30.

No caso dos restaurantes que funcionam o dia todo, como o Vips, provavelmente vão te oferecer o cardápio do café da manhã se você chegar ao meio-dia.

menu
Menú del día na Calle Embajadores (Joana Tiso / Entre tapas y cañas)

Muita gente pede o “menú del día” dos restaurantes no almoço. Por um preço bem acessível (cerca de 12 euros), você vai comer primeiro prato e segundo prato, com bebida e sobremesa incluídos. Geralmente, os restaurantes colocam chope e taça de vinho entre as opções de bebida do menu.

Uma curiosidade: o prato inicial não é necessariamente uma entrada. É normal comer paella ou macarrão para abrir o apetite e depois seguir para algum tipo de carne, por exemplo.

Como você deve imaginar, Madrid janta tarde também. É possível reservar mesa para comer às 23h numa segunda-feira. Aliás, à noite, é sempre bom ligar para reservar.

Jantar às 19h aqui é raro, a não ser nos locais com cozinha aberta o dia todo. Estes você só vai encontrar no centro. Se estiver com fome neste horário, pare num café ou num bar para beliscar as famosas tapas e deixe o jantar para mais tarde.

Além disso, aqui não é comum entrar e escolher aleatoriamente uma mesa. A  regra é esperar na entrada pelo garçom ou o maître, que vai te encaminhar até a mesa.

E a gorjeta, chamadas de propina, é bem mais comum na Espanha do que no Brasil, uma vez que a conta não vem com os 10% de serviço (o IVA, imposto presente nas contas, não tem nada a ver com isso).

Os garçons espanhóis não esperam gorjetas generosas, como ocorre em algumas cidades europeias, mas é comum deixar algo. Os clientes costumam usar o bom atendimento como critério para decidir o valor, embora o espanhol tenha fama de deixar pouca propina. Eu tento dar algo em torno de 10% da conta.

Cartão de crédito

Aqui é sempre bom ter algum dinheiro no bolso, mesmo que sejam umas moedas. Nem todos os estabelecimentos aceitam cartão em Madrid. Restaurantes e supermercados aceitam, mas há muitos mercadinhos de rua onde se pode pagar apenas com dinheiro. Os bares costumam aceitar cartão (nem todos), mas alguns só permitem a transação a partir de um determinado valor, como dez euros.

Os táxis de Madrid são obrigados por lei a aceitar pagamento com cartão. Meu conselho é avisar um pouco antes do fim da corrida, já que muitos taxistas deixam a maquininha desligada para economizar bateria.

Verão e inverno

img_3691Minhas estações preferidas por aqui são a primavera e o outono. Não aconselho ninguém a vir no verão, que é muito quente – e sem praia por perto. De junho a agosto, a temperatura vai subindo ao longo da tarde e chega facilmente aos 40 graus. E é um calor seco, muito seco. Eu, que venho de uma cidade úmida, não consigo me acostumar e sofro com inchaço, dor de cabeça e outros males do verão madrilenho.

Aproveite que a água é potável (considerada a melhor do país) e abuse da hidratação. Você pode parar nos cafés e nas lanchonetes para pedir um copo de água da torneira (grifo em espanhol) sempre que precisar. De todo modo, não acho uma boa ideia bater perna à tarde durante o verão. Você pode se sentir mal nos dias mais quentes. O ideal é aproveitar as manhãs e as noites para desbravar a cidade a pé.

Já o inverno por ser gelado e chuvoso, como aconteceu neste ano, embora a temperatura não seja tão baixa aqui quanto em outras cidades da Europa, como Paris, Londres, Berlim e Amsterdam, por exemplo. Se você estiver em Madrid nos meses de inverno, inverta a ordem do verão e saia para caminhar entre 12h e 19h, já que o frio fica mais intenso de manhã e à noite.

Qual a melhor época para visitar Madrid?

Espero que os conselhos sejam úteis e que vocês curtam bastante Madrid! =)

img_0143

2 comentários Adicione o seu

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.