Mojito, o muso do verão (e onde tomar os melhores de Madrid)

Ainda com o coração apertado, voltamos à programação normal no blog. O sexto post é uma homenagem apaixonada ao rei do meu verão em Madrid: mojito, o magnífico. Não que o mojito perca espaço nas outras estações, mas ele combina com o clima absurdamente quente e seco do verão madrilenho (destacando que o calor começou mais cedo e tivemos um fim de primavera com desesperadores 38 graus – haja mojito).

mojito.JPG
Mojito lindo do Ôven Mozarella Bar (Joana Tiso / Entre tapas y cañas)

Não se encontra mojito em todas as esquinas da capital, ainda mais dos bons, mas é uma bebida bem popular por aqui. Está presente em todas as festas de rua e sempre com bastante destaque. Temos, aliás, um bar que se chama El Mojito em Madrid. Confesso, envergonhada, que ainda não conheço o lugar, mas espero corrigir esse equívoco logo, logo.

Meu muso tem tantos fãs por aqui que, dia desses, eu vi na vitrine de uma loja – entre Sol e Callao – uma camiseta com a seguinte mensagem: MOJITO. Assim grande e em cores vibrantes. Já pude observar duas pessoas vestindo essa maravilha da moda madrilenha e planejo adquirir uma (antes que esgote, né).

É ou não é o muso do verão?! 💚

Agora chega de enrolar e vamos ao que interessa. Preparei uma lista com belos, deliciosos e refrescantes mojitos – alguns mais tradicionais e um bem inusitado. Mandem dicas de mojitos também; vou adorar! =)

mojitocuba
Mojito raiz do El rincón de La Habana (Joana Tiso / Entre tapas y cañas)

El rincón de La Habana

Aqui a especialidade é o mojito ou, como dizem na casa, “el auténtico mojito cubano”. Fui a alguns bares cubanos, uns “raiz” e outros “nutella”, e este é definitivamente o que serve o melhor mojito. Nas paredes, as fotos e os cartazes remetem a Cuba. Eu super me sinto em Havana quando sento por ali com meu espetacular mojito – que é fortinho, já aviso. Não espere um atendimento afetuoso, mas pode ir com sede que é garantia de sucesso.

Quer? Calle de los Reyes, 6, perto da Plaza de España (tem uma saída do metrô na rua do bar). Saiba mais!

El Viajero

Há um mojito poderoso em La Latina, um dos bairros mais boêmios e agradáveis da capital. É o programa ideal para o domingo depois de um passeio no Rastro, o principal mercado de rua daqui. Há quem diga que alguns romances famosos ganharam força no Viajero, como o de Ilker Casillas e Sara Carbonero. O mojito abençoa! Dica extra: suba com seu mojito ao último andar do bar e aproveite a vista de La Latina.

Gostou? Fica na Plaza de la Cebada, 11, bem perto do metrô de La Latina. Descubra mais!

Café del Río

Mojito com vista no Café del Río (Joana Tiso / Entre tapas y cañas)

O Parque Madrid Río abriga um dos melhores bares da capital – e com um dos rooftops mais agradáveis. O mojito da casa é levinho e delicioso. Aliás, tudo é gostoso por lá e ainda tem a vista como brinde. Vale muito a visita!

Vai perder? Avenida de Portugal, 1. Você pode chegar por Príncipe Pío ou Puerta del Ángel. Confira mais aqui!

Metro Bistro

O restaurante, um dos meus favoritos em Madrid, já apresenta de cara um mojito de apio (aipo) como aperitivo. É tão gostoso e refrescante que eu pedi um (dois, três…) na versão grande. É o mojito mais original e diferente da lista. Eu conheço apenas o Metro Bistro do Templo de Debod (Calle Evaristo San Miguel, 21),  mas há uma filial na turística Plaza Mayor.

Para ir ao restaurante do Templo de Debod, a estação mais próxima é Ventura Rodríguez. Clique para saber mais!

mojito_geographic
Mojito de morango do  Geographic Club (Joana Tiso / Entre tapas y cañas)

The Geographic Club

A casa se apresenta como uma homenagem aos amantes da viagem, da exploração e da aventura. A poderosa carta de drinks tem mais de 40 opções, entre elas dois mojitos: o tradicional e o de morango, ambos saborosos.

Que tal? Fica no bairro de Salamanca, na Calle Alcalá, 141, perto do metrô Goya. Clique para ver mais!

Mama Rosa Restobar

Mojito na terraza do Mama Rosa (Joana Tiso / Entre tapas y cañas)

Fica em Legazpi, já fora do centro, e é um dos meus restaurantes favoritos de Madrid. A carta tem, basicamente, petiscos e pratos argentinos. O mojito é clássico, gostoso e bem mais em conta do que a média por aqui. Nos meses mais quentes, aproveite para tomar umas na terraza da casa.

Curtiu? Então vá até a Calle Alejandro Saint Aubin, 1.  Metrô Legazpi. Descubra mais aqui!

Ôven Mozarella Bar

Destaco com bastante entusiasmo o mojito do Ôven, que não costuma aparecer nas listas de indicações, mas é lindo, delicioso e desce como uma pluma. Aliás, é este o mojito da foto lá de cima. Há filiais pela cidade, como nas calles Fuencarral e Atocha.

O restaurente que eu conheço e curto fica no início da Gran Vía, número 6. As duas estações mais próximas são Gran Vía e Banco de España. Veja mais!

The Hat

IMG_0462
Mojito clássico no The Hat (Joana Tiso / Entre tapas y cañas)

O rooftop do hostel The Hat, colado numa das entradas da Plaza Mayor, é um dos mais disputados por aqui e tem vista para os teclados de Madrid. O mojito da casa, bem refrescante, é um clássico do verão e sai aos montes.

Bom? Calle Imperial, 9. Metrô Sol, Tirso de Molina ou La Latina. Descubra o The Hat!

Próximos mojitos

Tenho uma rota a cumprir e vou até o fim. Estão na lista os mojitos dos seguintes locais: Gasset Habana (criado como novo ponto de encontro da comunidade cubana por aqui, então espero encontrar um mojito raiz) e, como prometido lá em cima, El Mojito, que só por homenagear meu protegido no nome já merece uma visita e uns goles. Depois volto aqui para atualizar o blog, podexá!

OBS. Alguns restaurantes / bares fecham as portas depois do almoço e reabrem à noite, outros não funcionam um ou dois dias por semana (geralmente segunda e, às vezes, terça), há os que parem no verão para férias coletivas, então é bom conferir os horários nos sites e nas páginas oficiais.

5 comentários Adicione o seu

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.