Um fim de semana nas praias de Villajoyosa

Villajoyosa (ou La Vila Joiosa em valenciano) é um bom destino nas férias para quem mora em Madrid ou vai passar uma temporada longa por aqui. É uma pequena cidade de praia, com cerca de 33 mil habitantes e a 32 km de Alicante. Não fica do lado de Madrid, eu sei, mas é uma das praias mais próximas da capital. Muita gente sai de Madrid e vai a Valencia em busca do mar, mas Villajoyosa é uma alternativa mais tranquila e barata.

img_1319
Joana Tiso / Entre tapas y cañas

É uma boa viagem para fazer em família ou só – neste caso, se você busca paz. Não espere muito agito por lá, inclusive à noite. Os bares fecham no máximo à 1h, salvo uma ou outra exceção durante o verão (leia abaixo).

Passei mais de um mês na Vila e vou dar algumas dicas para quem pretende visitar a cidade. Vale a pena, sobretudo nos meses mais quentes.

PHOTO-2018-08-08-19-39-24.jpg
Joana Tiso / Entre tapas y cañas

Praias

img_0519
Playa del Centro (Joana Tiso / Entre tapas y cañas)

Conheci quatro praias durante a minha temporada na Vila: Playa del Centro, Playa Varadero, Playa de los Estudiantes e Playa el Paraiso.

A primeira, obviamente, é a mais central e famosa. Tem alguns quilômetros de areia e bares / restaurantes em frente ao mar. É um programa gostoso à noite também, principalmente nas estações mais quentes. No fim da praia, do lado direito, há casas e prédios coloridos que dão um visual fofo à orla.

fa6088845d53b7a0c49126a0d302eb4c
Playa de los Estudiantes (Joana Tiso / Entre tapas y cañas)

Do outro lado, à esquerda, logo depois do porto, fica a Playa Varadero, com pedras no lugar de areia e muita tranquilidade. É ideal para ler um livro e curtir a paz de uma praia silenciosa. Bom, pelo menos era assim até abrir um quiosque (chiringuito em espanhol) por lá. Agora não sei como está.

Ao lado fica a Playa de los Estudiantes, que é, na verdade, uma continuação da Varadero.

img_5196
Playa El Paraiso (Joana Tiso / Entre tapas y cañas)

Já El Paraiso fica fora do centro, mas eu cheguei em menos de 10 minutos de trem. Tem uma parte de areia e outra de pedra. No verão, há um quiosque aberto até as 3h da manhã.

A região tem muitas cidades de praia e boa parte fica pertinho da Vila. Se você pegar o trem sentido Alicante, que faz várias paradas, vai poder escolher algum outro local para conhecer num esquema bate-volta, como El Campello.

Duas dicas na orla

A Vila tem a melhor comida indiana que eu já provei. O restaurante se chama The Maharaja é o quarto melhor da cidade segundo o TripAdvisor. A vista para a praia do centro é bonita e o dono, Anil, é acolhedor (até hoje ele fala pouco espanhol, ou seja, a conversa rende melhor em inglês). Os clientes, que costumam ir todos os anos de férias, viraram amigos, então o clima é esse.

Gusta Pizza (Joana Tiso / Entre tapas y cañas)

Agora, se o foco é só beliscar e tomar algo em frente ao mar, tente o Gusta Pizza, a uns cinco minutos caminhando do Maharaja. O lugar faz sucesso entre locais e turistas.

Museu do chocolate

A Vila tem cheiro de chocolate à noite. Por lá está o Museo del Chocolate Valor, reconhecido em 2008 como o Museo Valenciano del Chocolate. Fica a uns 15 minutos caminhando do centro e abre para visitas, de segunda a sábado, menos nos feriados. O tour, que dura 45 minutos, termina com uma degustação na loja do museu. Veja mais informações neste link.

fondo-cabecera.jpg
Crédito Valor (site oficial)

Festas de rua e outras curiosidades

Do dia 24 a 31 de julho, a Vila celebra as Fiestas de Moros y Cristianos, com desfiles que retratam a batalha entre cristãos e árabes na Espanha. Todo ano a cidade para durante os oito dias. A festa é uma das mais famosas e antigas do país.

Os meses mais cheios na Vila são justamente julho e agosto, quando muitos espanhóis tiram férias e viajam em busca de praia, sobretudo os madrilenhos (que sofrem com o verão seco da capital). A Vila também recebe muitos turistas de fora do país, como ingleses e noruegueses.

A cidade fica na Comunidade Valenciana e, portanto, fala-se valenciano por lá (você vai notar algumas placas no idioma local). Eu achei parecido com o catalão. Mas todo mundo se comunica perfeitamente em espanhol. Você vai ser atendido pelo idioma nacional nos restaurantes e no comércio em geral. Muitos locais são comandados por estrangeiros, então é possível gastar o inglês vez ou outra também.

Como ir

img_1076-1
Joana Tiso / Entre tapas y cañas

Carro (BlaBlaCar é uma boa opção): são 452 km de Madrid a Villajoyosa, em cerca de 4h30 de viagem.

Ônibus: são cerca de 6h30 de Madrid (estação Méndez Álvaro) até Villajoyosa. Na verdade, há mais ônibus saindo de Madrid a Benidorm (aproximadamente 5h30 de viagem). Em uns 15 minutos de táxi você vai de Benidorm à Vila.

Trem: são aproximadamente 2h30 de Madrid (saindo de Atocha) até Alicante de AVE (trem de alta velocidade) + 1 hora de trem Alicante – Villajoyosa. Você precisa trocar de estação em Alicante, mas as duas são próximas e dá para ir de uma à outra andando.

d445cede-c55f-4093-a5b7-dabbce5430ad
Joana Tiso / Entre tapas y cañas

OBS. Não recomendo ir de avião, porque os aeroportos de Madrid e de Alicante ficam fora do centro, então você acabaria fazendo muitos e longos deslocamentos. Eu optaria por carro ou trem.

Leia também:

Roteiro de verão em Madrid

Uma semana em Portugal

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.